Marcadores

Translate

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Carly Simon


CARLY SIMON UMA ESTRELA DE PRIMEIRA GRANDEZA !


ImagemImagemImagemImagem
Carly Elisabeth Simon nasceu em Nova Iorque, no dia 25 de Junho de 1945 é uma premiada cantora e compositora norte-americana.
Filha de um milionário dono de umas das maiores editoras americanas, iniciou a carreira cantando música folk no início dos anos 1960 em parceria com sua irmã Lucy Simon formando, juntas, a dupla The Simon Sisters. A dupla separou-se, por ocasião do casamento de Lucy, e Carly prosseguiu sozinha.
Seu álbum de estreia, em 1971, lançou o êxito “That’s The Way I’ve Always Heard It Should Be“. A letra, tratando de questões como o casamento, caiu no gosto do público da época e, a partir de então, Carly iniciou uma sequência de sucessos. No mesmo ano lançou seu segundo disco, Anticipation, no qual a canção homônima e “Legend In Your Own Time” são destaques.
Mas é com The Right Thing To Do, do disco No Secrets (1972), que Simon começa a ser reconhecida internacionalmente. Do mesmo álbum, You’re So Vain ganha notoriedade, contando com Mick Jagger (dos Rolling Stones) no vocais de apoio. Em1974 é a vez de “Haven’t Got Time For The Pain” e de “Mockingbird” (num dueto com James Taylor – com o qual foi casada). Em 1977 Carly é convidada a compor e interpretar “Nobody Does It Better” para o filme 007 – O Espião Que Me Amava (007 – The Spy Who Loved Me) e, no ano seguinte, lança Boys In The Trees – que emplacou “You Belong To Me”, também gravada pelos Doobie Brothers.
Em 1979, “Just Like You Do”, uma canção romântica, atinge o sucesso nas rádios. Também digna de menção é a faixa “Never Been Gone”, ambas do álbum Spy.
Em 1980 Carly retorna com o hit “Jesse” do álbum Come Upstairs. Um ano depois, lança um álbum com clássicos da música americana, como “Hurt“, “Body And Soul” e “Not A Day Goes By“. Traz ainda a inédita “From The Heart“, de sua autoria. No Brasil, apenas “Hurt” ganhou as rádios FM.
No ano seguinte, ela grava “Why”, para o filme Soup For One, canção com um toquedisco, até então um ritmo nunca experimentado pela artista. Em 1983, a agitada “You Know What To Do” (do álbum Hello Big Man) ganha as paradas e, dois anos depois, a artista decide fazer uma incursão pela música eletrônica, lançando Spoiled Girl. O disco não agradou mas, mesmo assim, houve um certo destaque para “Can’t Give It Up”. No exterior, as faixas “Tired of Being Blonde” e “My New Boyfriend” ganharam certa notoriedade.
Em 1987, o álbum Coming Around Again coloca nas paradas várias canções, além, é claro, da faixa título – tema do filme A Difícil Arte de Amar (Heartburn) – e “Itsy Bitsy Spider”, uma popular canção infantil. O álbum inclui ainda a regravação de “As Time Goes By” (canção originalmente ouvida no filme Casablanca), com participação especial de Stevie Wonder na gaita, e arrisca ainda um country (“Hold What You’ve Got”) para encerrar o disco.
Em 1988 a cantora lança um disco ao vivo, interpretando grandes sucessos de sua carreira e, no ano seguinte, convidada a compor a trilha para o filme Uma Secretária de Futuro (Working Girl), ela volta às paradas com “Let The River Run”. Embora outras faixas da trilha sonora não tenham sido executadas na rádios, a maioria das composições é de Carly, inclusive os temas instrumentais (destaque aqui para “In Love”).
Um ano depois, a regravação de “My Romance” – uma antiga canção – leva novamente Carly Simon às rádios, tanto no Brasil quanto no exterior.
Nos anos seguintes, a cantora não teve o mesmo êxito em suas realizações. O destaque na década de 1990 ficou para o álbum-triploClouds In My Coffee, que traz a história da cantora (e depoimentos) e três CD com sucessos e raridades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário